Academy renda fixa

Saiba como investir no Tesouro Direto

setembro 28, 2018 - 9:27 am
No artigo anterior, conversamos sobre como é fácil qualquer pessoa começar a investir. Além disso, citei algumas formas de investimentos tradicionais. Já hoje, falaremos sobre um desses tipo, na modalidade de renda fixa, o Tesouro Direto. O Tesouro Direto é o programa do Tesouro Nacional com parceria com a BM&FBovespa para compra e venda de títulos públicos. Títulos públicos são emitidos pelo Governo Federal que tem como objetivo juntar dinheiro. Para assim, pagar e financiar suas atividades públicas, tal como educação, saúde e infraestrutura, por exemplo. Agora vou falar sobre algumas das principais vantagens do Tesouuro Direto. Além disso, explicarei também as diretrizes para você começar a investir nele.

Vantagens de investir no Tesouro direto:

  • Segurança, tão seguro quanto à poupança;
  • Alta liquidez, ou seja, pode retirar o dinheiro a qualquer hora (dentro do horário comercial);
  • Rentabilidade, o investimento rende mais que a tradicional poupança;
  • Investimento sem taxa (aliás, algumas corretoras e bancos já realizam o investimento sem cobrar corretagem);
  • Flexibilidade: de acordo com seu perfil de investidor poderá escolher indexadores e prazos que melhor se encaixam com seu objetivo;
  • O Tesouro Direto aceita investimentos a partir de R$ 30,00. Além disso, os títulos que são negociados têm baixo risco de crédito.

Passo a passo para investir no Tesouro Direto:

1- Entre em contato com uma corretora ou banco autorizado a intermediar a compra e venda de títulos públicos e abra uma conta. 2- Depois do cadastro realizado, você receberá uma senha por e-mail dá acesso à área restrito do site do Tesouro direto. Se for através de uma instituição for agente integralizado você poderá comprar e vender títulos pelo site ou aplicativo da instituição financeira. 3- Para investir é necessário conhecer os tipos de títulos. Os títulos podem ser pré-fixados ou pós-fixados; de curto, médio ou longo prazo e com pagamento ou não cupom de juros semestrais. 4- Veja quais títulos estão disponíveis e escolha o que melhor se encaixa com o seu objetivo, prazo desejado e seu perfil de risco; 5- Escolha o título mais adequado com o seu perfil. Após escolher o título você opta pela compra tradicional ou programada. O valor inicial de investimento para o tesouro direto é a partir de 30 reais; 6- Após realizar a compra, você receberá uma confirmação e o tesouro direto informará a data limite em que o valor deverá ser depositado na conta da corretora; 7- Quando um título vencer, você receberá o pagamento dos juros e os valores depositados na conta da corretora a partir das 13h do dia do pagamento. Cris luna, ações

Comentário

Notícias mais relevantes