Litecoin

Como minerar Litecoin?

maio 10, 2018 - 11:50 am
Similar ao Bitcoin, a mineração de Litecoin também exige um equipamento robusto e melhorias técnicas para melhores resultados.

Premissas básicas para a mineração de Litecoin

Sobretudo a mineração é um processo fundamental para a sustentação do Litecoin, assim como da maioria das criptomoedas. Resumidamente, a mineração consiste no uso de programas especializados que utilizam a capacidade de processamento de um computador para registrar e adicionar dados à rede Blockchain. Consequentemente, novas unidade de Litecoin são geradas, a rede Blockchain é fortalecida e mais transações são legitimadas. Minerar é usar o seu computador para resolver problemas (blocos) e, em troca, receber a recompensa na forma de frações de uma determinada criptomoeda. Apesar do uso de scrypt no algoritmo de prova de trabalho, a mineração de Litecoin não é muito vantajosa para CPUs. Este artifício, criado para teoricamente tornar a mineração do Litecoin mais acessível, não provoca na prática grandes alterações. Entretanto, o poder de placas gráficas, as GPUs, por exemplo, ainda se mostra pelo menos 10 vezes mais eficiente do que as CPUs. Porém com o advento de ASICs, chips de aplicação específica, que processam algoritmos com scrypts também são ferramentas importantes para a mineração de Litecoins.

Mineração do Litecoin pode ser individual ou em pool

O sistema de mineração foi desenvolvido para propositadamente aumentar a complexidade dos problemas à medida em que mais Litecoins são extraídas. Devido à essa crescente demanda por capacidade de processamento e de energia, foram criados 'pools' de mineração. Esses 'pools' são grupos de mineradores. Como resultado, eles unem o poder de processamento de seus computadores para aumentar sua chance de resolver blocos. A cada bloco concluído, a recompensa é dividida por todos do grupo. Um 'pool' de Litecoin bastante relevante é o Litecoin.org.

O 'rig', o computador para mineração de Litecoin

Um computador customizado para a mineração de Litecoin, e criptomoedas no geral, é chamado popularmente de 'rig'. Sua configuração é bastante robusta. E pode ser montado pelo próprio minerador ou adquirido completo. Além da instalação de um ASIC, um eficiente 'rig' precisa apresentar de duas a cinco placas de vídeo. Consequentemente, a memória RAM deve ser minimamente igual à das placas. Devido ao uso contínuo, um sistema de resfriamento dedicado também é sugerido.

Minerando o Litecoin

Para iniciar a atividade de mineração, é necessário a instalação de um aplicativo de carteira, um 'Litecoin Wallet'. O site litecoin.org oferece várias opções para download. Em seguida, deve-se escolher também o software para mineração. O cgminer, o cudaMiner e o cpuminer são os mais notáveis. Além disso, optar por participar de um 'pool' implica em seguir as orientações gerais do grupo em relação ao software e à criação de 'workers'. Workers são representações individuais para registro do trabalho de mineração. Após iniciar a execução do software escolhido, cabe ao minerador monitorar as condições do hardware de seu computador. Além disso, a operação contínua pode gerar superaquecimento e desgaste rápido de peças. Portanto, a última etapa da mineração é a mais gratificante. Caso nenhum imprevisto tenha ocorrido durante a instalação do software, ou o computador não apresente inesperados problemas, frações da criptomoeda devem ser obtidas. Principalmente se o minerador estiver num 'pool'. Finalmente, uma última dica é o uso de aplicativos como o CoinWarz. Eles calculam o lucro de Litecoins obtidos em vista de relatórios de rentabilidade atuais.

Comentário

Notícias mais relevantes