Academy Educação Financeira

Como os pais podem ensinar educação financeira aos filhos

agosto 13, 2018 - 11:55 am
Os pais são a primeira e mais importante referência de comportamento na vida de uma pessoa. É com eles que formamos em nossas mentes os primeiros conceitos de certo e errado. De adequado e inapropriado, de bom e ruim. Isso vale para relacionamentos, valores, hábitos. O poder de dar o exemplo coloca nos ombros dos pais uma grande responsabilidade. Pois suas escolhas de vida afetam não só a si mesmos, mas modelam o comportamento de seus filhos. Isso é especialmente importante quando se trata de ensinar a eles sobre finanças. Nossos filhos, desde pequenos, podem aprender sobre educação financeira apenas presenciando hábitos simples no cotidiano da família. Se você quer que seu filho saiba usar o dinheiro de forma inteligente quando crescer, ele precisa ver você como exemplo, e dar seus primeiros passos financeiros com sua orientação e apoio. Ao prestar atenção em como você lida com o dinheiro, e conversar com você sobre o assunto de maneira adequada a cada fase de seu desenvolvimento, ele poderá adquirir uma base sólida para o sucesso financeiro.

Dicas de educação financeira aos filhos

A diferença entre querer e precisar

A melhor maneira de evitar gastar dinheiro com algo que você realmente não precisa é simplesmente não se expor a essa situação de modo desnecessário. Crianças pequenas, assim como alguns adultos, tem dificuldade de distinguir entre querer e precisar. Todos nós já presenciamos birras de um pequenino desejoso de um brinquedo ou doce. E sabemos o quão persuasivas essas pessoinhas podem ser. Portanto, uma boa estratégia é desvincular a ideia de lazer da de fazer compras. Procure divertir-se com seus filhos longe de lugares que estimulem o consumo desnecessário. Assim, evita-se que eles cresçam com a ideia de que o dinheiro compra a felicidade. É óbvio que, no dia a dia, é impossível não expor seus filhos a esse tipo de ambiente. Então, quando você estiver em um shopping ou supermercado com eles, cuidado com seu comportamento! Você fatalmente verá algo que realmente deseja, mas do qual não precisa. A tentação de comprar pode ser difícil de superar, especialmente se o item estiver em promoção. Controlar as suas próprias compras por impulso e falar sobre isso com o seus filhos lhe dará a oportunidade de ensinar a eles a diferença entre querer e precisar.

Compare sempre os preços e mostre para os pequenos

Sabemos que conseguimos preços com descontos em lojas diferentes, e você pode e deve ensinar isso aos seus filhos. Se estiver procurando comprar uma televisão por exemplo, compare os preços em todos os canais possíveis. De modo que tenha certeza de que não está pagando demais. Leve seu filho junto e mostre não só as diferenças de preços.  Mas também as formas de pagamento à vista e parcelado. Negociar com os vendedores e pedir descontos é uma ótima oportunidade para usar a matemática que seu filho aprende na escola em casos reais. Outra coisa bacana é mostrar um comparativo a seus filhos de produtos de marcas diferentes, mas com qualidade similar. Costumamos comparar marcas quando adquirimos alimentos ou produtos farmacêuticos, mas estender essa análise para a compra de roupas, eletrodomésticos ou móveis nos permite economizar uma boa quantia de dinheiro ao longo do tempo. As promoções são outro ótimo fator de economia e também para ensinar educação financeira aos filhos. Aproveite e mostre o quanto podemos economizar com os produtos que estão em oferta, só comprando, é claro, aquilo que for necessário. Devemos ter em mente que, ao comprar barato um produto do qual não precisamos, ele sempre nos sairá muito caro, pois é uma quantia que não gastaríamos naquele momento se não fosse pela tentação do preço.

Faça com que eles usem seu próprio dinheiro para comprar coisas e economizar

As crianças gostam de ganhar dinheiro em aniversários ou no Natal, mas é preciso ensiná-las a gastá-lo e poupá-lo. Elas precisam saber como se sentem quando tomam a decisão de comprar algo. Ajude-as na decisão entre gastar algo ou economizar o seu dinheirinho. Afinal, eles podem juntar para adquirir algo valioso no futuro, e assim terão um sentimento de realização, pois a paciência de economizar lhes renderá bons frutos, o que tornará seu sentimento em relação ao dinheiro extremamente positivo. Vivemos em uma sociedade onde tudo é muito rápido, e as crianças precisam aprender que tudo tem seu preço e seu tempo. Poupar é uma lição valiosa, e que deve ser estimulada. Como vimos, podemos dar pequenas lições de educação financeira aos filhos. Educação financeira aos filhos é um investimento em sua formação e seu caráter, e vai levá-los a serem adultos responsáveis e com um futuro tranquilo. Lembre-se sempre que, ao ganhar um filho, recebemos uma grande caixa vazia, e na primeira infância só entra nela o que a gente escolher. Então, escolha bem o que vai colocar na sua caixinha. Preencha-a com os melhores exemplos que puder dar, pois é esse o conteúdo que vai guiar nossos pequeninos por toda a vida.

Comentário

Notícias mais relevantes