Trading

Saiba tudo sobre Mercado Bear e Mercado Bull – e as diferenças entre eles

setembro 21, 2018 - 12:29 pm
Os touros (bull) empurram seus chifres enquanto atacam o oponente. Da mesma forma, quando o mercado sobe de maneira forte, diz-se que é um mercado de touros. Por outro lado, os ursos (bear) usam suas patas para atacar. Assim, quando o mercado cai, é conhecido como mercado de ursos. No mercado financeiro, os termos bear e bull são comumente encontrados, o que indica o comportamento do mercado em um determinado momento. 

O que é Mercado Bull?

Essa situação é definida como um mercado em que os preços dos títulos cotados estão subindo continuamente devido ao cenário macroeconômico. Além disso, melhores condições internas de empresas ou setores.  Em geral, a terminologia é aplicável às ações, mas também se referem a outras classes de ativos, como FOREX, criptomoedas, commodities, etc. Como os fatores de demanda e oferta influenciam nas negociações, os preços nos mercados financeiros aumentam quando a oferta de estoque cai e vice-versa. Alguns fatos importantes são: - Os mercados Bulls são precedidos pela confiança do investidor, expectativas positivas e otimismo geral do mercado; - Nos estágios iniciais, a maioria das mudanças no mercado são psicológicas e podem não ser acompanhadas de informações econômicas fortes ou ganhos corporativos; - No mercado de derivativos, haverá uma enorme demanda por opções de compra, já que o sentimento geral é otimista e positivo.

O que é Mercado Bear?

O bear representa uma tendência de queda no mercado ao longo de um período de tempo. Dessa forma, há pessimismo diante dos ativos em declínio ou com tendência de cair. Quando isso acontece, custa muito dinheiro aos investidores. Isso porque os preços dos títulos caem e a confiança é afetada. As características e as causas de um mercado em baixa variam de acordo com as circunstâncias. No entanto, os ciclos econômicos e o sentimento dos investidores desempenham um papel fundamental ao antecipar certas situações adversas, bem como o tempo que devem durar. Alguns dos indicadores de uma economia enfraquecida são: - Baixas oportunidades de emprego; - Menos dinheiro nas mãos da população em geral; - Declínio dos lucros das empresas; - Mudanças sem precedentes nas taxas do governo ou impostos.

Mercado Bear e Bull: Principais diferenças

Conheça as diferenças entre mercado bear e bull: 1 - O mercado é mencionado como Bull quando o cenário geral é positivo e o seu desempenho está em ascensão. Dessa forma, a previsão é de que o investidor maximize seus lucros. Por outro lado, um mercado em baixa está em declínio. Isso faz com que os investidores tenham uma posição de venda. Assim, se o preço cair abaixo do contratado, o detentor terá lucro. 2 - A economia cresce de forma sustentável em um mercado em alta. Enquanto que em um mercado em baixa a economia cai ou não cresce em um ritmo acelerado. Em ambas as situações (mercado bear e bull), um indicador como o PIB (Produto Interno Bruto) desempenha papel importante. Isso porque oferece uma visão geral de como a economia está se saindo com base nos fatores existentes. 3 - Em um mercado em alta, os indicadores são muito fortes. Eles são utilizados em análises técnicas para a previsão de tendências de mercado. Agora, em um mercado em baixa, os indicadores de mercado não são fortes. Em qualquer um dos cenários (bull e bear), as causas são interdependentes e o efeito cascata é observado. 4 - O mercado de trabalho é positivo numa situação de alta, já que há mais renda disponível nas mãos da população. No entanto, em um mercado de baixa, há desemprego e esforços estão sendo feitos para controlar as despesas. 5 - Os investimentos internacionais são incentivados em um mercado em alta. Por exemplo, se o Brasil estiver passando por uma fase de alta e a Coreia do Sul decidir fazer investimentos generosos no país, tal movimento oferecerá mais tranquilidade ao mercado brasileiro. No entanto, em um mercado em baixa, os investimentos internacionais dificilmente surgem. 6 - Um mercado em alta encorajará o setor bancário a reduzir as taxas de juros dos empréstimos, incentivando políticas do Banco Central e do governo. Por outro lado, em um mercado em baixa, o setor bancário restringe o uso de dinheiro. Assim, os juros altos são mantidos ​​ou aumentados.

Conclusão - Mercado Bear e Bull

Se o mercado está passando por um cenário de baixa ou de alta (bear e bull), isso não está nas mãos de um indivíduo ou de um único fator, mas de fatores de grande escala e outras situações macroeconômicas.  Todo investidor tem que passar por essas fases em algum momento, uma vez que essas situações são inseparáveis. Em termos estatísticos, o mercado é considerado otimista quando aumenta 20%. Porém, se a queda do mercado for de 20% ou mais, então a situação é de baixa.

Comentário

Notícias mais relevantes