Academy Trading

O que é Price Action? Como usá-lo no seu trading?

junho 28, 2019 - 12:18 pm

Em português, o termo Price Action significa “ação do preço”, sendo basicamente análise gráfica. Esse método não vai muito fundo na história dos movimentos de uma ação como a análise técnica

Também não depende de um número quase ilimitado de fatores, como a análise fundamental. Em vez disso, permite uma tomada de decisão subjetiva com base em movimentos de preços recentes, reais e instantâneos de um ativo.

Como funciona a negociação de price action?

Price action no trading envolve duas etapas: identificar uma condição de negociação e assumir uma posição com base em pensamentos individuais. 

Uma condição de negociação pode ser a quebra de intervalo, os níveis psicológicos de quebra de preço ou uma entrada percebida em um mercado em baixa.

Depois de identificar a condição comercial, o trader toma uma decisão subjetiva.

Com base na experiência, um trader pode recusar-se a aceitar cegamente as regras definidas de análise técnica ou fundamental devido às suas limitações ou condições de mercado não usuais. Tal trader, em vez disso, confia em seus próprios sentimentos e decisões.

Price action no trading

Trading ocorre somente quando duas partes diferentes (o comprador e o vendedor) tomam duas visões diferentes (comprar ou vender). Em suma, o comprador e o vendedor devem ter acesso as mesmas informações, notícias, indicadores técnicos e recomendações de análise fundamental.

Apesar disso, o comprador e o vendedor chegam a conclusões opostas. Por que isso acontece? Porque os julgamentos comportamentais individuais de cada operador levam à negociação com visões opostas.

Já a análise técnica envolve a observação dos padrões históricos de ações, presumindo que se repetirão no futuro. Porém, essa suposição é também a principal fraqueza na negociação baseada em análise técnica. Não há garantia de que a história se repita.

Por outro lado, a análise fundamental  tenta medir o valor intrínseco de uma ação, examinando os fatores financeiros, econômicos, qualitativos e quantitativos. Algumas técnicas fundamentais, como o modelo de desconto de dividendos - DDM, fornecem níveis de preço-alvo. 

No entanto, o pessimismo no mercado sempre pode afetar os preços, limitando a utilidade dos valores calculados.

Negociação e ferramentas de price action

A negociação de ações de preço utiliza ferramentas de análise técnica para estudar movimentos de preços de uma ação. As ferramentas incluem gráficos, padrões, faixas de preços, breakouts e níveis técnicos de suporte, resistência e consolidação. 

Esse uso do histórico recente de preços e das ferramentas de análise técnica torna a negociação de ações de preço mais próxima da análise técnica do que da análise fundamental.

No entanto, price action no trading não é uma forma condensada de análise técnica. As ferramentas de análise técnica são complementadas pelas interpretações psicológicas sobre o mercado.

Tipos de Estratégias

Existem diversas estratégias price action, sendo que a mais comum chama-se fuga. Quando ocorrem movimentos nos preços de um ativo, apontando certa tendência, ao quebrar essa propensão, a fuga sinaliza para os traders uma nova possibilidade de trading.

Outra estratégia de price action considera a formação das barras de preço em determinado gráfico. Assim, os traders utilizam áreas de suporte por resistência a preços que podem garantir oportunidades de trading.

Vantagens e desvantagens de price action

Há mais vantagens do que desvantagens no uso desse método. A maior vantagem é que tudo é muito simples. A negociação se torna clara, pois não há indicadores que criam desordem. Você não precisa incluir tantos indicadores técnicos para tomar uma decisão de compra ou venda. Além disso, os sinais de price action são fáceis de entender.

Assim, você não precisa ser um operador profissional com muita experiência para compreender os sinais e tendências do mercado para tomar decisões. 

Utilizando gráficos em tempo real, por exemplo: ofertas, lances, volumes, velocidades e magnitude, o trader de price action identifica um ponto de entrada benéfico para seus negócios. Dessa forma, é possível controlar os riscos para ter lucro.

Porém, no price action não é possível automatizar as estratégias. Portanto, tudo deve ser feito manualmente, a partir da observação de padrões, sendo que isso é uma desvantagem. Outro problema pode ser a dificuldade inicial para aprender a lidar com essa metodologia. Além disso, é preciso ter certa habilidade visual para reconhecer padrões.

 

Artigo em parceria com Mejia Investments – Transformando pessoas comuns em Traders de Sucesso. Confira os cursos exclusivos de Trading na Bolsa da Mejia, aprenda tudo sobre Mercado Financeiro e como operar trading na prática.

Comentário

Notícias mais relevantes