Educação Financeira

Confira cinco dicas para começar a investir agora mesmo

setembro 20, 2018 - 6:59 pm
Hoje em dia tem se falado bastante em investimento. A informação está chegando para mais pessoas principalmente devido às redes sociais, onde corretoras e até mesmo os bancos estão incentivando e oferecendo estes serviços. Por mais que se tenha informação na internet e cursos sobre finanças, para muitas famílias falar sobre este tema ainda é um tabu. E mesmo que se tenha a informação e conhecimento, às vezes pode faltar ação para iniciar a ampliação da carteira de investimentos, sair dos produtos que os bancos oferecem e diversificar com outros tipos de investimentos. E vários pensamentos ainda rodeiam as pessoas como escuto muito a seguinte expressão: “queria muito começar a investir, mas não tenho dinheiro nem tempo”... Mas vira e mexe sempre damos um jeito de comprar um celular novo, uma bolsa, uma tv e aí vai... Sabemos que lá no fundo podemos sim fazer muito mais para cuidar bem do nosso dinheiro, mas na realidade o que nos falta é disciplina para fazer isso. Então preparei algumas dicas para te auxiliar a iniciar no mundo dos investimentos:

5 dicas para começar a investir agora:

1 - Defina seus objetivos

Para conseguirmos fazer algo importante precisamos de uma motivação. E com o dinheiro não é diferente, pois para pouparmos ou investirmos temos que ter um objetivo, uma motivação para tal, senão você não terá disciplina para isto. Pense primeiramente num horizonte de 5 anos e vá aumentando até chegar ao período da aposentadoria. Seja lá o que queira, mas que não tem dinheiro para fazer agora.

2 - Entenda os tipos de investimentos

Para colocar seus objetivos em prática é importante que você entenda os diferentes tipos de investimentos de acordo com o seu perfil: conservador, moderado e arriscado. Veja que tipo de investimento se encaixa em cada uma das categorias:
  • Investimentos Conservadores: renda fixa, poupança, CDB de bancos, fundos indexados ao CDI
  • Investimentos Moderados: fundos que tentam superar a rentabilidade do CDI, fundos imobiliários com bons imóveis
  • Investimentos Arriscados: ações, opções, fundos que buscam superar o Ibovespa e fundos imobiliários com imóveis não tão bons

3 - Escolha uma corretora de valores

A maioria das pessoas investe com base na recomendação do gerente do banco. As Corretoras de Valores são instituições voltadas para investimentos. E qualquer um pode abrir conta em uma corretora do mesmo modo que abre uma conta em um banco. Uma das vantagens de ter conta nas corretoras de valores é não cobrar nada para abertura de contas, e ao contrário do que muitos pensam, é muito mais barato investir por meio de uma corretora do que por um banco.

4 - Diversifique seus investimentos

Em investimentos isso é muito importante: procure sempre escolher investimentos diversificados e diferentes entre si, assim caso um deles não esteja indo tão bem, os outros estarão. Essa é a estratégia. E para isto, você precisará de conhecimento e informação para tomar as melhores decisões. Existe a regra básica dos 25%. Ela é basicamente sempre ter pelo menos 25% do seu dinheiro aplicado em investimentos mais arriscados. Mas lembre-se, desde que você não precise daquele dinheiro já nos próximos meses. Pense nisso.

5 - Seja fiel aos seus objetivos

Por mais que seus investimentos arriscados estejam dando mais retorno que os mais conservadores, não caia na tentação de colocar mais do que você deve nestes investimentos. Fique atento, pois existem fases em que as coisas vão bem e existem outras que as coisas vão mal. Não deixe que especulações atrapalhem seus objetivos e o que você determinou em sua estratégia de investimentos. No longo prazo, o investidor que terá mais retorno é aquele que foi fiel à suas estratégias e não tomou decisões por impulso. Até a próxima! Cris luna, ações

Comentário

Notícias mais relevantes