news

IBM emite criptomoeda usando o Blockchain da Stellar

maio 21, 2018 - 12:49 am
A IBM anunciou a emissão de uma criptomoeda própria em parceria com o Blockchain da Stellar e a startup Veridium Labs. O objetivo é oferecer para as empresas poluentes uma maneira de compensar os danos causados ​​ao meio ambiente. Segundo a CNN, a International Business Machines Corporation (IBM) está emitindo seu primeiro token usando um Blockchain público. Desenvolvido em parceria com a Veridium Labs Ltda, empresa de créditos de carbono, os "tokens verdes" serão emitidos na Blockchain Stellar. De modo que as empresas que poluem o meio ambiente possam compensar esse dano apoiando uma área da floresta tropical da Indonésia. Os tokens não serão usados como forma de pagamento de produtos da marca. A ideia é rastrear a extensão da poluição, fornecendo garantia de que o dinheiro foi realmente usado para o reflorestamento. Esse é um processo realizado num Blockchain facilmente auditável com tokens de créditos semelhantes a um Bitcoin como valor monetário.

IBM aposta no Blockchain

De acordo com Jared Klee, gerente de ofertas Blockchain da IBM, esse é um mercado que pode sustentar um público maior. Ele acrescenta que está sendo criado um ativo digital para que as pessoas possam comprar, vender, negociar e depois resgatá-lo. Segundo Klee, o envolvimento com a Veridium marcará a primeira parceria da IBM na emissão de tokens em uma rede pública. Bem como um mercado para a compra e venda de créditos de carbono simbólicos que serão restritos aos participantes. Para facilitar essa permissão, enquanto ainda capitaliza o Blockchain, a IBM gerencia nove nós na Stellar. Dessa forma, cria estabilidade para a rede e um ponto de revisão no fluxo de transações. Logo, os tokens Veridium serão apoiados por créditos REDD e Triple Gold da InfiniteEarth.  A empresa conta com a Big PwC, SAP e Microsoft, gigantes de software. Afinal, todas essas empresas possuem seus próprios projetos de Blockchain, o que torna-as possivelmente adeptas a esse projeto da IBM. Fonte: Criptomoedasfacil

Comentário

Notícias mais relevantes