Educação Financeira

Estratégias de investimentos para aposentadoria por idade

agosto 20, 2018 - 12:26 pm
Economizar e investir para a aposentadoria deve ser a prioridade no momento em que você começar a trabalhar. Quanto antes você começar a guardar e multiplicar, menor será o esforço. Pessoas diferentes vivem de forma diferente. Assim sendo, você precisa saber qual estratégia certa no seu caso. Não existe uma fórmula pronta, mas é possível encontrar a forma certa de investir através das dicas abaixo. E assim trilhar o caminho rumo a um futuro de tranquilidade. A chave para a preparação para a aposentadoria é ter objetivos claros, e saber exatamente quanto dinheiro será necessário para atingir esses objetivos. O ideal é ter um profissional especializado nesse momento, que deve estar sintonizado com seu perfil de investimento. Assim como com sua tolerância ao risco, podendo assim identificar as estratégias mais apropriadas para você. Sua carteira de investimentos não é e nem deve ser estática, devendo se adaptar às diferentes etapas da sua vida.

Conheça onde investir melhor na aposentadoria de acordo com sua idade.

Dos 20 aos 30 anos

O tempo está ao seu lado, e você pode considerar a possibilidade de ser mais agressivo com sua abordagem de investimento, porque você tem muitos anos para enfrentar as flutuações do mercado. Você pode e dever considerar o mercado de ações e renda variável nesse estágio, que normalmente fornecem maior potencial de crescimento a longo prazo do que títulos do tesouro e outros investimentos de renda fixa. Apesar de não ser uma escolha muito conhecida pelos investidores brasileiros, apresenta no comparativos com as demais opções uma boa margem de valorização no longo prazo. Porém, eles devem ser apenas uma parte de uma carteira diversificada. Escolha investimentos em renda fixa para um fundo de emergência, e para ser a parte conservadora de sua carteira. A caderneta de poupança não é um boa opção.

Dos 40 aos 50 anos

Considere usar uma abordagem de investimento de crescimento e renda para ajudar a equilibrar o planejamento de aposentadoria e outros compromissos financeiros maiores.  Como por exemplo, a educação de seus filhos. Embora ainda seja uma boa fase para investir em ações como forma de valorização de seu capital, priorize aquelas ações com alto pagamento de dividendos. Que, reinvestidos na carteira, potencializam a multiplicação do seu dinheiro. Não deixe de continuar com os aportes mensais, para valer-se dos juros compostos que farão crescer cada vez mais seu patrimônio. Essa é uma abordagem de investimento de crescimento e renda, sendo uma opção prudente a considerar nesta fase, levando uma maior diversificação em sua carteira.

Dos 60 aos 70 anos

Quando você se aproximar da aposentadoria, deve procurar reduzir o risco em sua carteira, uma vez que, normalmente, haverá pouco tempo para recuperar-se de quaisquer perdas. Os investidores geralmente alocam mais de seus ativos em investimentos de renda fixa, que tendem a ser menos voláteis. É muito importante nesse momento minimizar os riscos. Os fundos imobiliários podem ser uma boa alternativa nesse momento, porque eles oferecem uma renda regular mensal. Sendo uma excelente forma de complementar a renda regular.

Além dos seus 70 anos

Assegure-se de que seus ativos acumulados continuem a funcionar para você, complementando sua aposentadoria. Sua carteira deverá ser mais conservadora do que nunca. Embora isso normalmente implique em priorizar os títulos do tesouro, você pode considerar não abandonar completamente os fundos de renda variável e multimercado, já que procura manter sua carteira crescendo à frente da inflação. Ser muito conservador pode ser tão arriscado quanto ser muito agressivo. Durante todas as fases da sua vida, o gerenciamento de seus investimentos deve ser feito de forma ativa e, se possível, com ajuda de um profissional especialista.

Comentário

Notícias mais relevantes