Noticias

Binance Coin sobe 13% e pode jogar Bitcoin para a marca de US$ 4.200

março 7, 2019 - 2:11 pm

A Binance Coin, ativo nativo em criptografia da Binance Chain, uma rede blockchain desenvolvida pela maior bolsa de criptografia do mundo, subiu 13% novamente, ampliando o momento do Bitcoin e do restante do mercado.

Em um mês, o preço da Binance Coin subiu de US$ 7.8 para US$ 15.31. Ou seja, em mais de 96% em relação ao dólar americano.

Fora de seu recente movimento de preços, a Binance Coin superou a Tether. Que, aliás, é a stablecoin mais dominante no mercado de criptomoedas. Tornando-se assim o 7º ativo digital mais valioso do mercado.

Na semana anterior, a Binance Coin superou pela primeira vez o Tron e a Stellar. Alcançando um valor de mercado de mais de US$ 2 bilhões.

Alimentado pelo ímpeto demonstrado pelos principais ativos de criptografia nos setores, assim como a Binance Coin e o Litecoin, o Bitcoin se recuperou para US$ 3.900 e está a caminho para entrar na região de US$ 4.000.

Bitcoin pode chegar a US$ 4.200

Ao longo do último mês, muitos traders enfatizaram a importância do nível de resistência de US$ 4.200 para o Bitcoin.

O Bitcoin teve uma quebra limpa de US$ 4.000 em fevereiro. Mas teve dificuldades para testar o nível de US$ 4.200. E, assim que o BTC chegou perto de US $ 4.200, ele caiu para menos de US$ 3.700.

"O dump de hoje foi uma correção simples. Os preços subiram verticalmente por 16 dias sem um recuo. Podemos pegar o ETH por exemplo: + 38% sem um recuo. O BTC alcançou a primeira resistência forte (US$ 4.200) e a gravidade entrou em ação". Palavras do economista Alex Krüger em 24 de fevereiro.

Assim, enquanto um movimento superior a US$ 4.200 poderia abrir o Bitcoin para uma recuperação potencial acima da marca de US$ 5.000. Até que o nível de US$ 4.200 seja quebrado, o ativo permanece vulnerável a um recuo para a região de US$ 3.000.

No lado técnico, de acordo com o analista de criptomoeda apelidado de “Mayne”, o Bitcoin encontrou forte apoio em US$ 3.700.

Se o Bitcoin conseguir romper a faixa de US$ 3.900 a US$ 4.000 no curto prazo, o ativo poderá se engajar em um movimento de alta. Potencialmente, para US$ 4.400.

Mas, nas últimas duas semanas, o forte desempenho dos principais ativos e tokens de criptografia aumentou a pressão sobre o Bitcoin.

Su Zhu, CEO da Three Arrows Capital, afirmou que da última vez que o Litecoin foi avaliada em US$ 57.00, o Bitcoin subiu para US$ 6.500.

As criptomoedas começaram a mostrar movimentos independentes de preços. E vários ativos se recuperaram para os níveis de novembro de 2018.

Por que os tokens estão ganhando força?

O aumento no preço dos principais ativos de criptografia, como o Litecoin, também retrata a confiança dos investidores no mercado. Apesar da incerteza em torno da tendência de curto prazo do BTC.

Em apenas três meses, 2019 tem sido um ano abaixo da média até agora. Levando em conta os preços dos ativos de criptografia.

No entanto, em termos de desenvolvimento, institucionalização e adoção, o setor de criptomoedas registrou mais progressos nos últimos três meses do que em 2018.

Os investidores estão aparentemente cada vez mais confiantes em ativos de criptografia. Principalmente os que continuam a construir e demonstram agressivamente o progresso em inovação e desenvolvimento.

Uma semelhança comum entre moedas como a Binance Coin e o Litecoin, que registraram ganhos substanciais em relação ao Dólar norte-americano e ao Bitcoin, é que eles apresentaram lançamentos de produtos, soluções integradas de escalabilidade e privacidade e um aumento geral na adoção.

Comentário

Notícias mais relevantes