Noticias

Estudo: Bitcoin pode chegar a US$143.900 e 5 grandes moedas podem despencar

agosto 31, 2018 - 1:53 pm
Uma nova pesquisa revelada pela empresa Satis Group aponta que o preço do Bitcoin pode alavancar quase 2000% dentro dos próximos dez anos. Ao mesmo tempo, o estudo também traça um panorama muito negativo para cinco grandes moedas, no mesmo espaço de tempo.  Segundo os dados apresentados, até 2028, o Bitcoin pode alcançar a cotação de US$ 143.900. Enquanto Ripple, Bitcoin Cash, EOS, Stellar e Cardano devem recuar drasticamente nesse período. Elas são, consecutivamente, as 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 9ª moedas no ranking de capitalização do mercado.  O material foi elaborado por Sherwin Dowlat e Michael Hodapp. E faz parte da série que a Satis, empresa de consultoria de ICOS (Oferta Inicial de Moedas) está realizando. Esse é o quarto estudo, dentre cinco que a entidade levantou sobre as criptomoedas.  O estudo destaca a possibilidade do cenário cripto das TOP 10 moedas que terão grandes mudanças, em quatro espaços de tempo. Sendo no próximo ano, em três anos, em cinco e em uma década.

Bitcoin pode subir, mas terá companhia de Ethereum, Litecoin, Monero e Dash

O estudo indica que o Bitcoin terá constante e forte alta dentro dos quatro intervalos de tempo apresentados. E, atingirá seu ápice em 2028, quando ficará cotado em  US$ 143.900, com o gigantesco crescimento de 1941%. A pesquisa indica que essa valorização será trilhada aos poucos. Começando já pelo próximo ano, no qual o Bitcoin deve crescer 367% e atingir a cotação de US$ 32.914. Em três anos, a alta dará um novo salto de 918%. E em cinco anos, a moeda já poderá estar cotada em UUS$ 96.378, com o fantástico crescimento de 1267%. Além do Bitcoin, outras quatros grandes moedas vão ascender no mercado. Ethereum, Litecoin, Monero e Dash. Essas são as 2ª, 7ª, 11ª e 13ª moedas no ranking. Ethereum e Litecoin terão crescimento mais "tímido" em vista das outras três moedas. Por exemplo, o ETH vai de 202% no próximo ano a 101% em 2028, com preço de US$ 588.  Já o Litecoin começa com uma pequena valorização de 4% em 2019. Mas amplia para 135% em três anos e fecha a década com 262%, cotado a US$ 225. Monero, que hoje opera em $108,39 poderá dar um salto inimáginavel. De acordo com a pesquisa, a 11ª moeda em capitalização do mercado terá seu valor estimado em mais de US$ 18.000 em cinco anos e em 2028 alcançará a altissíma marca de US$ 39,584, ou seja, uma hipervalorização de 38391%. E, por fim, outra moeda que também seguirá o rumo das fortes altas será o Dash. Hoje cotado em US$ 184,10, a cripto começará a se valorizar em 55% no próximo ano e no final de dez, estará negociada em US$ 39,584, o que representará alta de US$1459%.

Veja as perspectivas das quedas das criptomoedas

Segundo a pesquisa, Ripple e Cardano serão as criptomoedas que terão maior desvalorização, tão grande que chegará a quase 100%. Essa estimativa aplica-se gradativamente à Ripple e quase que de imediato para a Cardano.  Ou seja, a queda da Ripple será vai de -90% para o próximo ano;  em três anos será -88%; em cinco -97% e em 10 totalizará 99%. Nesse último período, se confirmado o estudo, a cripto será cotada em US$ 0,004. Um drástico resultado em vista do atual preç de US$ 0,32.  Já o Cardano, em todos os anos, terá a altíssima queda de -99%. Assim, recuará do seu atual preço de 0,09 para US$ 0,001 até 2028.  Enquanto isso, o Bitcoin Cash perderá de -54% no róximo ano a -68% na próxima década. A expectativa é que o fork do Bitcoin, que hoje opera US$ 537,47 chegue a valer apenas US$ 258 no ano que vem, US$268 daqui a cinco anos e em 2028 atinja o menor valor, US$ 180. Uma reviravolta terá a EOS. O estudo indica que no próximo ano ela deve recuar -99%, o que fará seu preço despencar dos atuais US$ 0,21 para  apenas US$0,05. Mas, posteriormente, o impacto negativo irá reduzir. Assim, em três anos ela chegará a US$ 3,6, depois em US$ 4,5 e fechará a década com US$ 4,8. Ou seja, queda de -24% ante a atual cotação.  Fechando as baixas, a pesquisa indica que a Stellar é outra moeda que fará companhia à Ripple e Cardano, com queda acima de 90%. A moeda terá recuo de -96% em 2019, passando por 95, depois 91 e em 2028 atinge -90%, com seu preço indo de US$ 0,21 para US$ 0,02. O que você acha dessa pesquisa? Acredita que alguma dessas estimativas possa se concretizar realmente?

Comentário

Notícias mais relevantes