Noticias

China pretende banir mineração de criptomoedas para poupar energia

abril 13, 2019 - 1:05 pm
O Governo da China propôs novas regras que prevêem o fechamento de todas as instalações de mineração de criptomoedas locais. Segundo a medida, o objetivo é evitar o desperdício de energia e a poluição do meio ambiente. A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC) apresentou propostas para alterações na estrutura industrial do país. A mineração de criptomoedas foi incluída entre os setores a serem eliminados imediatamente.  A mineração é o processo de validação de transações em formas digitais de dinheiro, como Bitcoin e Ethereum, em troca de novas moedas dadas como recompensa. Assim, os computadores usados ​​para essa atividade consomem grandes quantidades de eletricidade. Durante o período de proibição, as autoridades estão autorizadas a aumentar os preços da eletricidade para empresas do setor. O propósito é forçá-las a fechar. 

Medida acabaria com o domínio do país na indústria

Na China estão localizadas as maiores estruturas de mineração de criptomoedas do mundo. Isso se deve à eletricidade barata nas regiões ricas em carvão de Xinjiang e interior da Mongólia.  Portanto, se as novas regras forem promulgadas, as mineradoras chinesas terão que desistir de suas bases e mudar suas operações para outros países estrangeiros. Dessa forma, a mineração de Bitcoin não será mais dominada pela China. Assim, será mais descentralizada, disse Michael Zhong, analista da TokenInsight, empresa de pesquisa de criptografia em Pequim. Esta não é a primeira vez que as autoridades chinesas reprimem a mineração de criptomoedas. Em janeiro do ano passado, o principal regulador de finanças na internet da China emitiu um aviso exigindo que as empresas realizassem uma "saída ordenada" do negócio. Embora o pedido não tenha sido seguido, estimulou muitos mineradores locais a procurar países como os EUA e o Canadá. Em setembro de 2017, a China proibiu as trocas de criptomoedas que atendiam os clientes no país. Isso estimulou uma queda nos preços do Bitcoin na época.

Comentário

Notícias mais relevantes