Noticias

Criptomoedas operam em baixa e ações europeias oscilam por conta do Brexit

abril 11, 2019 - 1:32 pm

Depois de uma semana com altas bastante favoráveis e significativas, todas as 20 principais criptomoedas do mercado estão apresentando quedas nesta quinta-feira, 11 de abril. O Bitcoin, por exemplo, está na casa dos US$ 5.000. Ontem, a cripto estava valendo mais de US$ 5.400, o que significa uma perda de quase 7%.

Já a maior altcoin por capitalização de mercado, Ethereum, sofreu uma queda nos preços de 7,8% no dia, para negociação a US$ 166,23 . A altcoin tem apresentado um padrão de negociação irregular ao longo da semana. Crescendo primeiro para atingir uma alta intra-semanal de mais de US$ 180 em 8 de abril, antes de cair para seu preço atual, apesar de um breve pico ontem.

A Ripple registrou uma perda de 5,8% no dia e está sendo negociada atualmente em torno de US $ 0,335 . Em seu gráfico semanal, a cripto atingiu o pico de US$ 0,373 em 5 de abril. Registrando assim um declínio moderado e consistente desde então. 

Entre as criptomoedas que operam no vermelho no Top 10, a Litecoin registra as maiores perdas. A cripto apresenta queda de mais de 10% no dia. O Bitcoin Cash acompanha, também com mais de 10% de perdas.

A capitalização de mercado total de todas as criptomoedas está atualmente em torno de US$ 171 bilhões.

Blockchain e prazo para o Brexit

Nas notícias sobre criptografia e blockchain , a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse ontem que os inovadores do blockchain estão abalando o mundo financeiro tradicional e tendo um claro impacto nos movimentos dos jogadores.  

Enquanto isso, um projeto do Departamento de Energia dos Estados Unidos, que usa o blockchain para reforçar a segurança das usinas está entrando em sua segunda fase. O objetivo é implementar a tecnologia para impedir ataques remotos como aqueles que afligiram a rede da Ucrânia em 2016.

Em contrapartida, nos mercados tradicionais, os mercados europeus estão hesitando bastante. Isso após a decisão de ontem da cúpula da UE de conceder ao Reino Unido uma "limite". Esse período, no entanto, seria de até seis meses para o prazo final do Artigo 50 para o Brexit. 

O Stoxx 600 pan-europeu ficou um pouco mais baixo logo após a abertura dos mercados, com setores e grandes Bolsas apontando em direções opostas, como informou a CNBC.

Comentário

Notícias mais relevantes