Noticias

Como separar as diferenças entre Ripple e XRP?

outubro 9, 2018 - 10:34 am
Ao contrário do que muitos imaginam, há diferenças entre Ripple e XRP. O setor de criptografia é um tipo de indústria de aprendizado. Portanto, é importante ajudar a difundir conhecimento.  Primeiramente, a Ripple é um software criado por uma empresa de tecnologia para fornecer transferência ininterrupta de dinheiro globalmente. É um software em tempo real que conecta bancos, empresas de troca de ativos digitais e provedores de pagamento. Trata-se de um software descentralizado que promove a interação dos usuários. Também é criado em um ledger de consenso e ativos digitais descentralizados. Por outro lado, a XRP, é um blockchain usado para desenvolver cadeias de blocos.  Blockchains são registros digitais que não podem ser alterados. Assim, registram transações econômicas de forma global. As cadeias de blocos são descentralizadas, o que significa que não possuem um único ponto de entrada. Os blockchains são hospedados em diferentes dispositivos eletrônicos simultaneamente. Como eles também são de código aberto, seu código-fonte está disponível para qualquer usuário na Internet. Essa propriedade de fonte aberta garante transparência, pois possui muitos observadores. 

Diferenças entre Ripple e XRP

Embora Ripple e XRP pareçam estar se sobrepondo no mercado de criptomoedas, existe uma clara diferença entre ambas. A Ripple é uma empresa financeira e de tecnologia que fornece um software que permite a conectividade de instituições de transferência de dinheiro em todo o mundo. Enquanto XRP é um blockchain usado para desenvolver o Bitcoin para os investidores que usam ledgers XRP, como Ripple. Outra diferença significativa entre a Ripple e XRP é que a Ripple usa os ledgers XRP em seus produtos. Por outro lado, a XRP é uma empresa de tecnologia que fornece soluções para a lentidão de transferência de dinheiro. Assim, torna-se uma alternativa barata, rápida, confiável e segura. A aplicação da tecnologia XRP por meio da Ripple criou a Ripple (XRP) que, além de ser mais segura do que outras moedas digitais, é facilmente monitorada pelos usuários que as detém. No entanto, não está listada no relatório da Securities and Exchange Commission (SEC).  A exclusão se deve à sua incapacidade de passar no teste de Howey, que determina se uma troca específica se qualifica como um investimento. Mas, de acordo com o fundador David Schwartz, o protocolo pode efetivamente operar sem o XRP, já que seu objetivo no mercado é inflacionar o valor da Ripple.  Portanto, Ripple (XRP) é um ativo digital que permite a liquidação de pagamentos. É um ativo nativo para a rede Ripple. É mais rápido, ininterrupto e seguro. Isso porque é descentralizado e altamente acessível, sendo que as transações são quase livres. Em suma, embora a Ripple e XRP sejam diferentes, a Ripple depende da XRP para fornecer os melhores serviços às instituições financeiras e provedores de pagamento que exigem caminhos confiáveis ​​para conduzir suas transações digitais.

Não confunda Ripple com XRP 

Para simplificar, a Ripple é uma empresa de software, enquanto a Ripple (XRP) é um ativo digital que, como mencionado por Cory Johnson, “é negociado por conta própria por muitas pessoas, em muitos lugares”. 

Ripple não criou a XRP

Isso é algo que muitas pessoas confundem. Portanto, há um consenso geral de que a Ripple criou a XRP, a 3ª maior moeda digital em termos de valor de mercado. Porém, isso não é verdade.  A XRP foi criada por Jed McCaleb, Arthur Britto e Chris Larsen. Sim, a Ripple “possui muito XRP”, mas isso foi dado a ela. A Ripple é considerada detentora de aproximadamente 60% de todos os XRPs existentes. 

Ripple não tem controle sobre os preços da XRP 

Muitas pessoas perguntam à Ripple sobre os preços da XRP no mercado. Mas na verdade, a empresa não têm controle sobre isso. 

Comentário

Notícias mais relevantes