Noticias

ICOs somam US$ 6,3 bilhões e superam volume de 2017

abril 23, 2018 - 1:10 am
No primeiro trimestre deste ano, as Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs) totalizaram US$ 6,3 bilhões. O valor é maior do que foi contabilizado em 2017. Conforme a CoinDesk, o montante representa 118% das ofertas do ano passado. Esse número pode mudar a percepção de quem acredita que a criptografia pode ser extinta em breve. Conforme os dados divulgados, ocorreu um crescimento importante. As ICOs nunca estiveram tão em alta. O primeiro trimestre registrou 59% do total de ICOs que receberam capital em 2017. Por outro lado, tem a questão de como contabilizar a venda recorde de US$ 1,7 bilhões do Telegram. Ainda que a empresa seja excluída da análise, as ICOs somariam valores exponenciais. De acordo com a Coindesk, o valor levantado foi de US $ 4,6 bilhões, ou seja, 85% do total de 2017. A grande parte das ofertas foi inferior a US$ 100 milhões. Isso mostra que vários projetos ainda esperando para vender tokens, apesar do risco regulatório.

ICOs são observadas de perto pela SEC

O crescente interesse dos investidores está sendo observado de perto pela Securities and Exchange Commission (SEC). Ao mesmo tempo que endurece cada vez mais diante das ICOs. A empresa regula o mercado de capitais dos EUA. Embora tenham sido favoráveis ao registro de algumas ofertas, o órgão proibiu a ICO da Munchee. Segundo a SEC, os tokens ofertados caracterizavam-se como contratos de investimentos. Por isso, a orientação foi que seguissem as normas dos valores mobiliários. Para recapitular, em 11 de dezembro de 2017, o regulador emitiu uma ordem administrativa aceitando a oferta da Munchee Inc. A startup lançou uma ICO para arrecadar US$ 15 milhões com o objetivo de melhorar seu App. Dessa forma foi criado um ecossistema de usuários que deveriam usar tokens para comprar refeições e bebidas.  No entanto, quando seus tokens estavam disponíveis para a venda, a Munchee interrompeu a oferta após ser notificada pela SEC. Em seguida, reembolsou os fundos pagos pelos compradores. Fonte: Portal do Bitcoin

Comentário

Notícias mais relevantes