Noticias

Mineração de bitcoin chega a 80% do total

janeiro 15, 2018 - 4:32 pm
O número de bitcoins em circulação alcançou a marca histórica 16,8 milhões no último sábado (13), o que significa que a mineração das moedas já atingiu 80% do total e agora restam apenas 4,2 milhões de bitcoins a serem criados. A rede Bitcoin permite que o número de criação de criptomoedas seja restrito a 21 milhões, isso porque ao gerar o sistema, Satoshi Nakamoto incorporou um protocolo que estabelecia este limite total. A intenção de Nakamoto era criar uma escassez digital, que consequentemente tornaria o bitcoin mais valioso graças à demanda do mercado. Quanto mais limitado é um recurso, mais difícil é o seu fornecimento. E assim há uma forte tendência para que a procura por ele aumente. A criação limitada das moedas impede que haja emissão excessiva no mercado. E que o bitcoin sofra desvalorização ao longo dos anos. Dessa forma, quando todos os 21 milhões de bitcoins forem criados, cada moeda poderá se tornar ainda mais valiosa.

Escassez de bitcoin aumentará a competição entre mineradores

A escassez também aumentará a competição entre os mineradores porque ficará mais difícil obter a moeda. Além da compra da criptomoeda, uma das formas mais comuns de se obter bitcoin é por meio da mineração. A mineração é o processo que consiste em utilizar hardwares e softwares especializados para solucionar problemas matemáticos de alto grau de dificuldade e validar as transações. Atualmente, um minerador é recompensado com 12,5 bitcoins por cada bloco minerado. Mas esse valor é reduzido pela metade a cada quatro anos. Esse processo de redução é chamado de “halving” dentro da comunidade de moedas virtuais. A próxima redução ocorrerá em aproximadamente dois anos. O que significa que em 2020 o valor da recompensa poderá ser 6,5 bitcoins por bloco minerado. E mesmo as grandes fazendas de mineração terão mais dificuldade para adquirir novas moedas.

Cada bitcoin pode ser dividido em até oito unidades

O fato de existir limite para a criação do bitcoin não significa que a moeda será extinta ou que a rede não poderá receber novos usuários ao longo do tempo. Um bitcoin equivale a 1.000.000 bits e cada moeda pode ser dividida em até oito casas decimais, as chamadas sub-unidades. Elas podem ser vendidas, trocadas ou comercializadas de alguma forma. A estimativa de Nakamoto é que a produção das criptomoedas chegue ao fim em 2140.   Fonte: Cointelegraph Imagem: Freepik  

Comentário

Notícias mais relevantes