Noticias

O que é P2P? Transações ponto a ponto, de pessoa para pessoa

novembro 6, 2018 - 1:30 pm
Você sabe o que é P2P? A rede de pagamento Peer to Peer (abreviada para P2P) é uma parte muito importante da tecnologia blockchain. O Bitcoin é a primeira criptomoeda baseada em blockchain criada para operar em um sistema de pagamento P2P. Isso permite aos usuários transferir valor sem a intervenção de uma autoridade central ou de terceiros.  Embora os sistemas P2P tenham sido usados ​​anteriormente em muitas áreas de aplicativos, a arquitetura foi popularizada pelo sistema de troca de arquivos Napster, lançado em 1999. Na rede P2P, o usuário utiliza e fornece recursos de forma inteiramente voluntária. Cada par (um “peer” sendo um sistema de computador na rede) é considerado igual e é comumente referido como um ‘nó’.  Assim, um par integra recursos de computação, como armazenamento em disco, poder de processamento ou tamanho da rede. Além disso, está disponível para outros participantes, sem a necessidade de qualquer coordenação central por servidores ou hosts estáveis. Apesar de todos os nós serem iguais, eles podem assumir diferentes funções dentro do ecossistema blockchain. Por exemplo, um minerador ou um “nó completo”. No caso de um nó completo, o blockchain inteiro é copiado em um único dispositivo, enquanto o dispositivo é conectado à rede.  Isso significa que as informações armazenadas em um blockchain não podem ser perdidas ou eliminadas porque isso destruiria todos os nós completos da rede. Portanto, enquanto existir um único nó com a cópia de um blockchain, todos os registros permanecerão intactos. Dessa forma, possibilita reconstruir a rede.

Comparação com redes tradicionais de pagamento

As redes P2P são completamente diferentes dos modelos tradicionais que são comuns hoje em dia. Isso porque não há ponto central de armazenamento, como um servidor. Em vez disso, as informações são constantemente registradas e trocadas entre todos os participantes da rede.  Isso também é diferente de um modelo de servidor centralizado que fica mais lento quando mais usuários se juntam a ele. Portanto, uma rede P2P pode melhorar sua capacidade com mais dispositivos ou nós entrando no sistema. As trocas P2P permitem que traders negociem uns com os outros sem intermediários no mercado de criptos. Apesar da participação de cada par na rede estar aberta à visualização, todas as informações e identidades dos participantes são ocultadas. Isso ocorre em um blockchain por meio de criptografia altamente complexa e de última geração.  Esse método de transferência de informações traz diversos benefícios porque os dados não são mantidos em um ponto centralizado. Assim, tornam-se muito menos vulneráveis ​​ao ataque de hackers.

Vantagens da rede P2P

A principal vantagem é a privacidade. A proteção que gera anonimato torna as transações difíceis de rastrear. À medida que um par se junta à rede, ele adiciona recursos e mais membros ao sistema, aumentando sua capacidade e taxa de transferência. Além disso, ampliando o número de membros aprimora a eficiência. Outra vantagem é que não existe um único ponto de falha. Se um par falhar, apenas essa conexão será perdida e a rede continuará funcionando. Como as máquinas são independentes umas das outras, a operação e a configuração são mais fáceis e mais baratas do que as máquinas modelo cliente-servidor. As redes P2P também oferecem anonimato. Dessa forma, as negociações com moedas digitais não são monitoradas pelos reguladores. Muitos usuários também desfrutam do preço transparente que as redes P2P oferecem. As conversões de moeda são listadas publicamente e a taxa exata é determinada exclusivamente pela oferta e demanda, não por governos ou bancos. O benefício mais atraente das transferências P2P é o custo. Todas as transações acontecem eletronicamente, com o sistema correspondendo automaticamente a compradores e vendedores sem exigir um intermediário. Como resultado, o Bitcoin oferece taxas de transação extremamente baixas, variando de 0 a 1%.

Desvantagens

As redes P2P possuem altas taxas de consumo de banda larga, devido a várias solicitações e respostas que ocorrem ao mesmo tempo com diferentes pares. Além disso, nenhuma verificação de autenticação ocorre. Então, qualquer pessoa pode enviar e receber dados de qualquer outra pessoa. Colocando toda a segurança nas mãos dos usuários, a imprudência é uma vulnerabilidade óbvia que pode facilmente se tornar uma desvantagem para algumas pessoas. Por isso, é importante compreender como o sistema funciona. A imprevisibilidade é outra desvantagem. Moedas como o Bitcoin podem ser facilmente convertidas de volta para dólares, euros ou ienes, mas não há garantia de que você recuperará o valor original de qualquer transação iniciada com a moeda.  Além disso, reembolsos são inexistentes (ou muito difíceis de iniciar). Sem intermediários envolvidos, é difícil contestar os problemas depois do fato. Por fim, o comerciante decide se deve emitir um reembolso ou não.  

Comentário

Notícias mais relevantes