Noticias

O que é Litecoin?

maio 7, 2018 - 12:15 pm
O Litecoin é considerado a ‘prata’ das criptomoedas. Atualmente, o Bitcoin é negociado com um valor aproximadamente 50 vezes maior do que a prata das criptomoedas. Criada em 2011, quase quatro anos após o lançamento do Bitcoin, o Litecoin é um projeto de software livre. Sob licença MIT e sustentada por uma rede peer-to-peer (P2P). P2P (do inglês peer-to-peer, que significa par-a-par) é um formato de rede de computadores. A principal característica é descentralização das funções convencionais de rede. O computador de cada usuário é conectado e pode realizar funções de servidor e de cliente ao mesmo tempo. A criptomoeda foi desenvolvida por Charlie Lee com muitas similaridades com o Bitcoin. Por sua vez, o Litecoin apresenta vantagens bem acentuadas em relação a sua predecessora. A principal delas é a velocidade. Enquanto o Bitcoin processa um bloco a cada 10 minutos, o Litecoin alcança a mesma meta em apenas 2 minutos e 30 segundos.

Rapidez em transações e segurança na mineração

A sustentação proporcionada por sua rede P2P permite transações simples e imediatas. Seu algoritmo também apresenta inovações. Ele foi desenvolvido para operar utilizando a função scrypt para a geração de provas de trabalho. Desta forma, a mineração desigual executada em GPU, FPGA e ASIC é combatida, prestigiando a mineração em CPU. Em síntese, a mineração atende ao objetivo de Charlie Lee, que era criar uma criptomoeda tão boa quanto o Bitcoin, porém com maior rapidez e acessibilidade. Outra grande vantagem é a quantidade de geração de Litecoins prevista. Serão emitidas 84 milhões de unidades de Litecoin, contra 21 milhões de unidades de Bitcoin. Essa grande diferença proporciona não só mais oportunidades para investidores, como também previne fenômenos de bolha especulativa acentuados. Desta forma, crescimentos vertiginosos não ocorrem como no Bitcon, mas em contrapartida, seus clientes também não terão grandes prejuízos.

A substituta do Bitcoin?

Entre especialistas, há uma forte especulação de que o Litecoin substituirá o Bitcoin no futuro. Apesar destas previsões, o próprio criador Charlie Lee já externou que o objetivo do Litecoin não é a tomada de lugar de concorrentes. Ele vê o Litecoin não como uma substituta, mas sim como um opção conjunta ao Bitcoin, dada a sua velocidade ideal para transações de pequenos valores e a praticidade de mineração que leva em conta o usuário comum de CPU. Mesmo com os argumentos em favor da união de criptomoedas, o mercado financeiro considera o Litecoin um forte candidato a ocupar o posto de principal moeda virtual em circulação. A praticidade de transação e a grande oferta fazem com que o Litecoin se destaque, apresentando vantagens que outras moedas, como o Neo e o Monero, e nem mesmo o Bitcoin conseguem igualar. Atualmente, o Litecoin é uma moeda digital popular, uma alternativa sólida para investidores conservadores, mas a grande incógnita é se ela se tornará tão lucrativa quanto o Bitcoin já provou ser. Potencial para isso, o Litecoin tem.

Comentário

Notícias mais relevantes