Noticias

O que é TRON?

maio 7, 2018 - 1:22 pm
Conheça o TRON, o sistema operacional descentralizado que, impulsionado pela China, ambiciona a criação de uma web 4.0.

TRON, a plataforma que empodera criadores de entretenimento

O TRON é uma plataforma digital, baseada na tecnologia Blockchain, muito similar ao Ethereum. No entanto, o mesmo possui ambições maiores do que simplesmente competir por espaço com outros sistemas descentralizados. Seu objetivo é criar um ecossistema gratuito de criação e consumo de entretenimento. Embora já existam programas de entretenimento gratuitos, os mesmos ainda requerem um intermediário, normalmente um gigante de tecnologia. O YouTube, por exemplo, permite que criadores de qualquer parte do planeta compartilhem seus vídeos de graça. Em contrapartida, o YouTube fica com uma parte dos lucros do criador, além de controlar e até mesmo poder censurar seus vídeos. O TRON promete solucionar este problema, colocando o controle total nas mãos do criador. Basicamente, o TRON permitiria que um criador de vídeos ou músicas criasse sua própria plataforma. Assim, sem intermediários, os criadores seriam beneficiados por um sistema mais justo e mais rentável de recompensas, dentro da própria comunidade. Remunerações, baseadas em curtidas e visualizações, por exemplo, seriam customizáveis, assim como seus valores. Isso ocorreria graças à moeda digital do TRON, o TRONIX (TRX). Mas o TRON não se resume somente ao entretenimento descentralizado. Outros aplicativos de serviços, ou estabelecimentos comerciais, localizados dentro do TRON poderiam usufruir dos benefícios dos créditos de TRONIX para efetuar transações, desde alugar uma bicicleta até comprar uma xícara de café.

A plataforma descentralizada que conta com a força da China

Criada pelo jovem empreendedor chinês Justin Sun, a proposta do TRON atraiu grandes investidores em seu país natal. Justin, que já era conhecido pelo sucesso do Peiwo, uma versão chinesa do Snapchat, tem como aliado um dos homens mais ricos do mundo, o também chinês Jack Ma, proprietário do AliExpress. Apesar do projeto TRON ser inovador por si só, ele conta com uma força gigantesca, que lastreia suas aspirações: a China, com sua população superior a 1,3 bilhão de habitantes. Reconhecidamente, o mercado interno chinês privilegia produtos e aplicativos nacionais, em detrimento de inovações estrangeiras. O TRON surgiria então com o potencial de mercado de centenas de milhões de pessoas. Fato que tem construído parcerias com grandes empresas de todo o mundo.

A criptomoeda TRONIX

Foi criado o montante total de 100 bilhões de unidades de TRONIX, sendo somente 65,7 bilhões colocados em circulação. Os 34,3 bilhões de TRX restantes estão reservados para a TRON foundation, numa estratégia similar à distribuição do EOS. Vale lembrar que o valor dos TRONIX cresceu com o lançamento oficial da rede TRON, em 31 de Maio passado. O método de legitimação das transações no sistema, em desenvolvimento, consiste em três etapas: tecnologia baseada em Kafka, em Raft e no consenso entre PoS e PoW. Assim como as demais criptomoedas, o TRX também exige um aplicativo de carteira específico, mas também é compatível com Ether Wallets. Isso ocorre pois atualmente os TRONIX são protocolos tipo ERC-20 da rede do Ethereum. A migração dos TRX da plataforma Ethereum ocorreu também na ocasião de seu lançamento oficial. A aquisição de TRX pode ser feita em casas de câmbio, usando até mesmo outras moedas digitais, como o Bitcoin.  

Comentário

Notícias mais relevantes