Bitcoin

O momento certo para comprar criptomoedas é agora

junho 5, 2018 - 4:43 pm
Uma dúvida que muitas pessoas têm quando se trata de criptomoedas é quando compra-las e como fazer para ter o retorno do investimento. Como em todo investimento, o melhor a se fazer, primeiramente, é analisar o mercado e conversar com especialistas do setor.  Dan Morehead é um desses importantes conhecedores deste universo. Ele é fundador e CEO da Pantera Capital, empresa de fundo de investimentos, criada em 2013 e uma das primeiras entidades de bitcoins nos Estados Unidos. Em recente entrevista à CNBC, Dan argumentou que estamos em um ótimo momento para comprar bitcoins e demais criptomoedas. Esse ambiente propício, segundo ele, se dá porque elas estão mais baratas agora. No último ano, segundo ele, essa queda chegou a atingir 65% no último ano.   Dessa forma, esta é uma boa oportunidade a ser aproveitada. Mas, ele também aconselha que o ideal é realizar a compra e aguardar em média um ano, para posteriormente, executar sua venda. Com esse planejamento, segundo Dan, você pode ganhar em média 239%.  "Essa é a essência deste comércio: raramente fica barato para sua média de longo prazo. Então hoje é um bom dia para comprar".

Mas, como começar a comprar criptomoedas?

Como citado, no início do texto, é preciso fazer um planejamento. Esse planejamento caminha de acordo com o acompanhamento e análises do mercado de criptomoedas. Há vários locais em que se pode acompanhar o desempenho delas. No nosso próprio site tem o ranking com as top 20 mais valorizadas do mercado. Já o portal Coin Market apresenta uma listagem mais ampla. Em ambas plataformas é possível observar o preço, o volume e o valor de mercado das criptomoedas. Essas informações, seguidas dos indicadores gráficos, são essenciais para encontrar possíveis oportunidades de investimento em criptomoedas.   O bitcoin, mesmo sofrendo uma queda, ainda é o líder isolado. Na data de hoje está com o capital em $126.854.043.960 e seu preço de venda está cotado em $7.428,40. Nas últimas 24 horas teve uma queda de -1,09%. Esse declínio, como Dan apontou, também pode ser observado em outras criptomoedas. Como exemplo, Ethereum (-0,26%), Litecoin (-1,73%), Cardano (-3,01%), Bitcoin Private (-9,80%). Mas já há criptoedas que fogem dessa curva. Como é o caso da GXChain, que de ontem para hoje conseguiu a expressiva alta de 7,64%. Assim como ela, a gigante chinesa Huobi Token (terceira maior exchance de criptomoedas no mundo) também viu sua cotação subir em +5,89%. Em comum, ambas ainda estão com o preço mais acessível para compra, em vista do Bitcoin, por exemplo. Hoje a GXChain está cotada em $3,88 enquanto a Huobi está em $5,78.  Há dez dias atrás o valor das duas criptomoedas equivalia a $3,79. Ou seja, a Huobi já mostra um destaque em seu crescimento, em relação à GXChain, fato que merece uma atenção especial.

Terceira maior exchange de criptomoedas vem para o Brasil

A boa expectativa da Huobi não para no ranking das cotações. Isso porque já é certo que a empresa se prepara para se instalar no Brasil. Os detalhes dessa operação ainda não foram divulgados. Por hora, a marca já tem um escritório em São Paulo, de onde estão partindo as negociações e contato com o mercado nacional. A estimativa é que até o final do ano tudo esteja funcionando em solo brasileiro. Com a ampliação, além de proporcionar a economia local, o potencial da gigante se destacará ainda mais no mercado das criptomoedas. Ou seja, mais um exemplo de onde pode-se investir desde agora. E tantos outros modelos podem ser percebidos fazendo a análise da cotação do mercado.

Comentário

Notícias mais relevantes