news

O que é Ethereum?

abril 21, 2018 - 3:07 pm
O Ethereum é uma plataforma descentralizada na qual se pode executar contratos inteligentes e aplicações descentralizadas através da tecnologia blockchain. Essas aplicações funcionam sem possibilidade de censura, fraude ou interferência de terceiros, pois o contrato é imutável. Para garantir a imutabilidade, a empresa possui uma máquina virtual, a Turing Completude ou EVM (Ethereum Virtual Machine). A EVM é responsável pela execução dos scripts em uma rede de nós públicos. A plataforma é aberta (Open Source) e foi fundada por Vitalik Buterin em janeiro de 2014. Tudo começou com um projeto de crowdfunding, o terceiro maior projeto já financiado dessa forma na história. Ele lançado em julho de 2015

Blockchain do Ethereum

O Ethereum utiliza a tecnologia blockchain que é capaz de armazenar registros de transações em um arquivo que é uma espécie de livro-razão. A segurança é garantida pela criptografia. As transações que acontecem no blockchain são verificadas e validadas pelos próprios usuários, através de um processo chamado de mineração. A tecnologia Ethereum, não visa só a criação das moedas, vai além do sistema monetário, mas sim implementação do sistema Blockchain para "tudo" que possa ser programado. Em 2016, aconteceu um fork e o blockchain foi dividido em dois. Assim nasceu o Ethereum Classic.

O que é Ether?

O Ether (ETH) é uma moeda digital utilizada dentro da plataforma do Ethereum para rodar os contratos inteligentes, serviços computacionais dentro da rede e para pagar taxas aos mineradores. O Ethereum não tem um limite de mineração, diferente do Bitcoin. Porém a velocidade de mineração está diminuindo, além de se tornar cada vez difícil. Essa diminuição da velocidade é conhecida como “Ice age”. É possível conseguir ether por meio da mineração, por recebimento de doações de outros usuários, pela roca por ativos digitais. Além disso, não é possível conseguir ether em trocas diretas por moedas reais. O modelo do Ethereum favorece a circulação de ethers como forma de pagamento de uso dentro da própria rede. Portanto, Ethers se dividem em unidades menores cujos nomes fazem referência a pessoas envolvidas com tecnologia de criptografia, moedas digitais e contratos inteligentes, como: Finney, Szabo, Wei E o preço interno para executar uma transação ou contrato é chamado de gás.

Comentário

Notícias mais relevantes