Trading

O que é e como operar Long Short na Bolsa?

agosto 23, 2019 - 3:51 pm

A maioria dos traders tem noção do que significa comprar uma ação. Assim, a compra é chamada de uma posição “long” (longa). Mas poucos entendem o processo de curto prazo, quando ocupam uma posição “short” (curta). Ambas as práticas podem gerar lucros para os traders ou resultar em perdas. As negociações long short são facilmente executados através de software de corretagem online, o Home Broker. Portanto, esse tipo de operação difere significativamente em seus requisitos e riscos.

Os traders podem lucrar com a movimentação de ativos na Bolsa à medida que sobem, mas também à medida que caem. Então, "long" e "short" (longo e curto) referem-se ao dinheiro que você apostou no preço de uma ação subindo ou descendo. Dessa forma, a estratégia de negociação Long Short permite que você inicie negociações longas ou curtas.

Além disso, consiste em identificar a direção do mercado para realizar a compra de ações de alto desempenho em um mercado em alta ou a venda de ações em um mercado de baixa. Essa estratégia se concentra em negociações mais rápidas e de alta probabilidade para ganhos relativamente médios com risco pequeno.

Posição longa vs. posição curta: visão geral

Quando se fala em ações, analistas costumam se referir a um investidor com posições longas ou curtas. Assim, long short são uma referência para os que têm e não têm, ou seja, ações que um investidor possui e ações que um investidor precisa possuir.

Em um mercado em alta, a maioria das ações sobe. Por outro lado, em um mercado de baixa, a tendência é cair, mais cedo ou mais tarde. Assim, segundo especialistas, uma boa opção é reconhecer o tipo de mercado em que você está inserido. Para isso, é preciso observar sua tendência e condições em geral. Logo, em um mercado em baixa, operar vendido na Bolsa (venda a descoberto) pode ser mais lucrativo. Isso significa simplesmente o oposto de comprar primeiro e vender mais tarde. Você vende primeiro e recompra depois esperando um preço mais baixo para ter lucro.

Long

Quando um day trader está em uma negociação de longo prazo, ele compra um ativo e espera que o preço suba. Por exemplo, se você comprar 1.000 ações da XYZX por US $ 10, a transação custará US $ 10.000. Se você conseguir vender as ações a US $ 10,20, receberá US $ 10.200 e obterá um lucro de US $ 200, menos as comissões. Por outro lado, se você vender suas ações a US $ 9,90, receberá US $ 9,9 mil de volta ao seu negócio de US $ 10 mil. Logo perderá $ 100, mais os custos de comissão. 

Short

Neste caso, os traders em operações de curto prazo vendem ativos antes de comprá-los e esperam que o preço caia. Assim, eles preveem certo lucro se o preço pelo qual o compraram é menor do que o preço pelo qual venderam. De fato, nos mercados financeiros, você pode comprar e depois vender ou vender e depois comprar. 

Semelhante ao exemplo de longo prazo, se você ficar com pouco menos de 1.000 ações da ação XYZX por US $ 10, receberá US $ 10.000 em sua conta. Mas esse não é o seu dinheiro ainda. Sua conta mostrará que você tem -1.000 e, em algum momento, deverá devolver esse saldo comprando pelo menos 1.000 ações. Até que você faça isso, você não saberá qual é o seu lucro ou prejuízo em sua posição.

Se você puder comprar as ações a US $ 9,60, pagará US $ 9,6 mil para as mil ações. No entanto, originalmente recebeu US $ 10 mil, então seu lucro é de US $ 400, menos as comissões. Se o preço das ações subir e você recomprar as ações a US $ 10,20, você paga US $ 10.200 por essas mil ações e perde US $ 200, mais as comissões. Quando você negocia a curto prazo, seu lucro é limitado ao valor que você recebeu inicialmente na venda. 

Long short: diferenças

Geralmente, você abre uma posição longa ou curta para obter lucro. Em uma posição comprada, você lucra quando os preços das ações sobem acima da sua base de custo. Por outro lado, você obtém lucro com uma venda a descoberto quando os preços das ações caem. Isso porque você pode recomprar as ações com menos dinheiro do que recebeu das receitas de venda a descoberto que você coletou anteriormente.

Em uma venda longa, você não pode perder mais do que o custo original das ações, porque o preço de uma ação não pode cair abaixo de zero. Seus lucros potenciais em uma posição comprada são teoricamente ilimitados, porque o preço de uma ação pode continuar a subir sem limite.

Vantagens do long short

- Não tem grande correlação com o Índice Ibovespa.

- Em razão do investimento ser preferencialmente em ações, em alguns casos, incide cerca de 15% de Imposto de Renda, com a isenção de come-cotas.

- Por vários motivos, é possível lucrar com ações que se movimentam de maneira contrária. Por exemplo: um setor recebe mais benefícios que outro devido à conjuntura econômica.

- Permite alavancagem.

Desvantagens

- As operações long short não captam a alta completa da bolsa porque operam comprados e vendidos de forma simultânea.

- Pode ser uma tarefa complicada bater os índices de mercado e selecionar as ações que vão subir e as que vão cair em um mercado complexo.

- Fundo mais apropriado para momentos em que a bolsa está em má fase.

Custos

- Corretagem e emolumentos pela compra e venda.

- Aluguel da ação na ponta vendida.

Artigo em parceria com Mejia Investments – Transformando pessoas comuns em Traders de Sucesso. Confira os cursos exclusivos de Trading na Bolsa da Mejia, aprenda tudo sobre Mercado Financeiro e como operar trading na prática.

Comentário

Notícias mais relevantes