Criptoeconomia

Queda do Bitcoin: palpites, acertos, erros e previsões

dezembro 5, 2018 - 4:53 pm
O Bitcoin tem passado por grandes aventuras que arrastam consigo milhões de investidores e interessados em ingressar e retirar um pouco desse ‘lucro’ num mercado que só cresce. Mercado, aliás, que foi tão alardeado pela mídia no ano de 2017. O que fez com que o rei das moedas digitais atingisse a casa dos US$ 20.089,00, em 17 de dezembro daquele ano. Depois disso, inúmeros profetas, messias e senhores dos gráficos tentam acertar números. Assim como previsões e a próxima parada do todo poderoso filho de Satoshi Nakamoto. A grande verdade é que o mercado de criptomoedas sempre se manteve firme e caminhou em evolução, independente do valor que as moedas tinham em época x ou y. Portanto, é preciso olhar para frente no mercado de criptomoedas. Ou seja, com uma visão da inovação e mudança que a Blockchain trouxe e fará em toda face da terra. Os números de valor nos ATH da vida podem ser alcançados novamente? Ninguém na verdade sabe. Algumas correntes especulam os anos de 2019, 2021 e 2022 como principais. Isso se dá por diversos fatores referentes à mineração do Bitcoin atingindo alguns patamares e outros que não vem ao caso, no momento, para esse texto. A mensagem do mercado é uma só: daqui pra frente sempre será momento de comprar alguma criptomoeda. Isso, claro, baseando-se em projetos sólidos, com times experientes que trabalhem com seriedade e entrega. Se pudermos citar alguns, eles seriam, por exemplo, o próprio Bitcoin, Cardano, Decred, Stellar e mais alguns outros projetos. Que, em comum, estão compromissados com essa mudança global na forma como são feitas as transações financeiras no mundo. Portanto, daqui pra frente, SIM, sempre será hora de comprar criptomoedas. O mundo financeiro mudou a forma de poder! Criptomoedas são o novo poder! O poder agora é nosso!

Comentário

Notícias mais relevantes