Blockchain Tecnologia & Blockchain

Tecnologia de Contabilidade Distribuída – entenda o que é DLT

fevereiro 6, 2019 - 2:25 pm

O poder de computação e os avanços na criptografia, juntamente com a descoberta e o uso de novos algoritmos, permitiram a criação de livros-razão distribuídos. Neste artigo vamos tratar da tecnologia de contabilidade distribuída (DLT), que é um sistema digital para registrar a transação de ativos registrados em vários lugares ao mesmo tempo. 

Ao contrário dos bancos de dados tradicionais, a contabilidade distribuída não têm armazenamento central de dados nem funcionalidade de administração. Além disso, cada nó processa e verifica cada item, gerando assim um registro e criando um consenso sobre a veracidade de cada um. 

Dessa forma, a DLT pode ser usada para registrar dados estáticos e dinâmicos, ou seja, transações. Essa arquitetura de computadores representa uma revolução significativa na manutenção de registros. Isso altera a forma como as informações são coletadas e comunicadas.

Origem da DLT

A DLT é essencialmente um registro de transações e dados semelhantes, o que existe há milênios em papel. Logo, tornaram-se digitalizados com a ascensão dos computadores. No entanto, ao longo da história, uma autoridade central precisava validar a autenticidade das transações registradas. Por exemplo, os bancos precisam verificar transações financeiras.

Atualmente, essa tecnologia permite a manutenção de registros de criptografia, algoritmos avançados e poder de computação quase onipresente, tornando a contabilidade distribuída uma forma cada vez mais viável de manutenção de registros.

Por que é importante?

A DLT têm o potencial de acelerar as transações porque elimina a necessidade de uma autoridade central ou intermediários. Da mesma forma, os livros distribuídos têm o potencial de reduzir os custos das transações.

Segundo especialistas, uma tecnologia de contabilidade distribuída é muito mais segura, porque cada nó da rede mantém registros, criando assim um sistema que é mais difícil de manipular ou atacar.

Muitos também consideram a DLT uma forma muito mais transparente de lidar com registros. Isso porque a informação é compartilhada. Assim, testemunhada em uma rede, tornando um ataque cibernético improvável.        

Benefícios da DLT

A tecnologia de contabilidade distribuída tem trazido diversos benefícios para as transações financeiras descentralizadas. Isso é compreensível, considerando que o Bitcoin é uma criptomoeda de uso mundial, ao mesmo tempo em que prova que a DLT pode, de fato, funcionar. 

No entanto, os proponentes da DLT dizem que os livros digitais podem ser usados ​​em várias áreas, incluindo transações governamentais e comerciais, além de transações financeiras. Especialistas acreditam que também podem ser usados ​​na coleta de impostos, transferências de propriedade, distribuição de benefícios sociais e até mesmo procedimentos de votação. 

Eles também dizem que a DLT pode ser usada para processar e executar documentos legais e outras trocas similares. Alguns acreditam que os indivíduos podem usar essa tecnologia para manter e controlar melhor as informações pessoais e, depois, compartilhar partes desses registros quando necessário. 

Os casos de uso incluem registros médicos individuais e cadeias de suprimentos corporativas. Além disso, os proponentes dizem que os livros digitais podem ajudar a rastrear melhor os direitos de propriedade intelectual e artística, commodities, música, filmes e muito mais.

Implementações

O blockchain, que agrupa as transações em blocos encadeados e os difunde para os nós da rede, é provavelmente o tipo mais conhecido de DLT. Assim, capacita o Bitcoin, moeda digital criada em 2009. O Bitcoin também é conhecido como uma rede peer-to-peer.

Qual a diferença entre DLT e blockchain?

A diferença mais importante é que o blockchain é apenas um tipo de livro distribuído. Embora o blockchain seja uma sequência de blocos, os registros distribuídos não exigem essa cadeia. Além disso, os livros distribuídos não precisam de provas de trabalho e oferecem, teoricamente, melhores opções de escalonamento.

Remover a parte intermediária da equação é o que torna essa tecnologia de contabilidade distribuída mais atrativa. Ao contrário do blockchain, a DLT não precisa ter necessariamente uma estrutura de dados em blocos. A princípio, a DLT é semelhante ao blockchain. 

No entanto, todos os blockchains são contabilidades distribuídas. Porém, nem todas as contabilidades distribuídas são blockchains. Enquanto um blockchain representa um tipo de razão distribuída, ele também é apenas um subconjunto dela.

Comentário

Notícias mais relevantes